Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Destes dias #4

Estes dias! 

Estas semanas!

 Não há nada de interessante por aqui, em duas semanas, é a segunda vez que fico doente. 
A semana passada com uma gripe daquelas, quatro dias de cama. Esta semana, uma espécie de gastroenterite. 

A miúda, nas correrias com o pai foi com a cara contra um móvel e quase que afinfa o olho no canto do mesmo. Inchou e não fosse o arnidol teria ficado roxo como uma couve. Coitadinho, foi coisa para doer que se fartou. 

A semana passada também acabou mal para ela, com o seu primeiro grande desgosto, a sua primeira grande perda. Sim, era apenas um boneco, mas era um boneco carregado de sentimentalismo, que ela tinha desde bebé. E custou-me tanto, mas tanto, vê-la como ficou. Completamente inconsolável. 

Ao menos o miúdo tem andado bem. 

O pai, coitado, tem-se desdobrado em 10, a tentar dar conta do recado em casa, no pouco tempo que está por cá, quando eu mal me consigo mexer. A trabalhar durante mais horas porque o cunhado foi operado e a irmã precisa de sair mais vezes para dar assistência ao marido. 

A torneira de segurança da vizinha que começou a deixar passar água, e adivinhem lá à porta de quem é que está a torneira? Claro à minha. E quem teve de ligar para a câmara e limpar tudo, quem foi? Não foi ela com certeza, mais uma vez sobrou para mim. 

Queria ter coisas boas para contar, ser menos chata, mas tudo tem corrido assim a modos que um pouco retorcido. 

Ao menos uma coisa boa e interessante. Vi nevar (ao vivo) pela primeira vez!!! 


2 comentários: