Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

o que um sorriso faz


Digo-o eu, que nunca fui muito dada a sorrir por dá cá aquela palha a quem não conheço. Se não gostar da cara de alguém, nem imaginam então. Mas há estranhos que me fazem colocar um sorriso na cara, e nos últimos dias aconteceram duas situações que me tocaram realmente. 

A primeira foi no meu local de trabalho. Quando me despedia de uma cliente, uma senhora idosa, ela respondeu-me, segurando-me nas mãos "não me dêem mais nada, dêem-me esse sorriso!". Fiquei tão tocada, que quis abraçá-la (não, não o fiz!). Melhorou a minha manhã, que por sinal era dia de folga, mas na falta da minha colega e patroa, eu lá fui fazer o jeito. Fiquei bem disposta o resto do dia. 

A segunda aconteceu há um par de manhãs, quando ia no carro a caminho do trabalho. Um senhor também já de alguma idade, parou na passadeira para passar e o carro do lado oposto (onde ele estava) parou para lhe dar passagem, eu que ainda me aproximava da passadeira, parei também. O senhor, levantou o polegar ao outro condutor, em sinal de agradecimento, sorrindo enquanto atravessava a estrada. A cena fez-me sorrir, e quando passou por mim, voltou a fazer o mesmo, vendo-me a sorrir, sorriu também, fez-me uma vénia e li um bom dia nos seus lábios. Não consegui evitar, fez-me rir, acenei e respondi bom dia também. A verdade é que foi mesmo um bom dia, fiquei bem disposta e com mais paciência para os clientes menos simpáticos. 

Sem comentários:

Enviar um comentário