Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 30 de março de 2017

Alerta: Homens, isto não vos interessa para nada


Já ouviram falar do copo menstrual? Eu já, há uns bons longos anos para dizer a verdade. Na altura sabia que existiam e mais ou menos como funcionavam, mas também sabia que não eram fáceis de encontrar nem muito baratos. 

Uns anos para a frente, e quando volto a trabalhar o ano passado, descubro que temos disponíveis na nossa loja. Voltei a "lembrar-me" dele e a vontade de o experimentar foi crescendo, crescendo, crescendo... 

Há uns 2-3 meses comprei finalmente o meu. Na verdade, custou-me 0€, por isso nem posso dizer que o tenha comprado. Na verdade, o nosso fornecedor teve uma promoção de um dos seus sabonetes líquidos íntimos, e vinha com a oferta do copo. Na loja temos apenas o copo por cerca de 20€ ou então o sabonete liquido + o copo por cerca de 7-8€. 

Claro que fui pela segunda opção, mesmo porque o sabonete é um produto que já tinha experimentado e que até gosto, e fiquei assim com o copo como oferta. Ainda deixei passar um período com falta de "coragem" de o usar. 


Só depois de o adquirir é que pensei na minha uretra descaída e se o seu uso seria confortável para mim. Nada como experimentar, e há sensivelmente um mês quando tive o meu último periodo, lá o esterilizei e experimentei. 

A primeira vez foi estranha e de certeza que ficou mal posto porque o sentia e tive perdas de sangue. Na segunda a coisa correu melhor e nem uma gota de sangue escapou. Acho que com o tempo me vou adaptar perfeitamente a este novo método. 

Curiosamente na mesma altura que pensei em contar-vos sobre a minha experiência (bem curta por enquanto) com o copo, surgiu o blog Simplifica, onde precisamente um dos seus primeiros posts foi dedicado ao copo menstrual. Elas explicam tudo muito bem por lá, e a experiência no seu uso é maior que a minha, por isso, se têm também alguma curiosidade, aconselho-vos vivamente a passarem aqui para lerem mais. 

Eu só vejo vantagens na utilização do copo. Sem cheiros, sem medo de estar a perder e a sujar, sem trocas constantes, muito mais económico, mais ecológico, sem riscos para a mulher, enfim... Vão lá ler mais e digam-me de vossa justiça!

2 comentários:

  1. Também já tenho um há alguns anitos! Apesar do achar cómodo, prático, barato, ecológico... não uso com tanta frequência quanto gostaria, por não ser fácil lavar no trabalho.

    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente no meu trabalho tenho facilidade, mas de qualquer forma não preciso porque só trabalho 4h e posso trocar em casa. beijinhos

      Eliminar