Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

E de repente o ano acaba


E assim, de repente, mais um Novembro que chega ao fim. 
Que venha Dezembro e a sua correria, que venham dias ainda mais frios, doces, abraços.
Que venha daí o Natal, os balanços e retrospetivas. Mais resoluções que ficaram sempre aquém porque nunca mais nos lembramos delas até esta altura chegar. 
Também eu começo a olhar para trás, para este ano que num piscar de olhos acaba. 

Sem comentários:

Enviar um comentário