Pesquisar neste blogue

sábado, 1 de outubro de 2016

E assim de repente

Eis que há uma série de coisas a decidir, a escolher e comprar. 

A casa, que na nossa ideia iria arrancar mas devagar, já que, supostamente, o pedreiro só lá ia aos fins de semana, arrancou com muita mais velocidade do que aquela que sonhávamos. O patrão do senhor tem o salário em atraso, por isso ele diz que enquanto não lhe pagar não vai trabalhar com ele, e entretanto vai avançando com a nossa obra. Melhor para nós, claro, e bom para ele também. 

Mas como já referi, fez com que tudo avançasse a uma velocidade que não esperávamos. 
Hoje diz-nos, comprem os bastidores, amanhã o pavimento, que vai começar a encher chão, e depois, os azulejos, não se esqueçam!

Passámos a semana a ver portas e bastidores. Pergunto-me se me vou descabelar na hora de as limpar, mas a verdade é que a casa é pequena e não tem a melhor iluminação num dos lados, por isso, e por grande influência desta onde minimalista que se anda a apoderar de mim (e também porque maridão sempre foi aférrimo do minimalismo na decoração) a nossa escolha recaiu nas portas brancas, para transportar mais a luz e deixar o ambiente mais leve. Se foi um erro, só o tempo o dirá. 

Comprámos as portas na quarta ou na quinta e segunda temos de ir trocar uma delas, porque apesar de as termos comprado segundo indicações do pedreiro, uma delas acabou por ser larga demais e temos de a trocar por uma mais estreita. 

O pavimento já o tínhamos escolhido há algum tempo atrás, quer dizer, já tínhamos andado a sondar e sabíamos muito bem o que queríamos encontrar. Esta semana foi só confirmar se ainda tinham o que tínhamos visto e o valor. 

Quanto aos azulejos para a casa de banho e para a cozinha, ainda não tínhamos muito bem a certeza daquilo que queríamos. Assim que fomos ver o que havia disponível até ao valor máximo por metro quadrado que achei adequado ao nosso orçamento. Depois de ver as cores, os tamanhos, etc, chegámos à conclusão que não queríamos nada muito elaborado e mais uma vez, em branco. 

 Concluí que gosto mesmo de azulejos de 25x50cm colocados na horizontal. E foi desse tamanho que escolhemos os azulejos para ambas as divisões. Para a casa de banho um branco com relevo mas sem frestas para não acumular porcaria, e para a cozinha um branco sujo que por acaso estava em promoção. Todos de primeira, claro! O chão será escuro (mais do que parece na foto), por isso não queríamos carregar demasiado nas paredes, mesmo porque teremos uma parede toda ela pintada com ardósia na cozinha! 


O que acham das nossas escolhas? 

2 comentários:

  1. Boa escolha 😀 acho o da casa de banho super lindo. Para a minha casa branco não dava mesmo mas chão a imitar tijoleira, que é o que temos, tb não... É tao bom planear, escolher e concretizar um p!ano/sonho, parabéns pela velocidade cruzeiro das obras 😀 cheira-m a uma estreia antes do final do ano 😁

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Gostei muito deste para a casa de banho, ao vivo ainda é mais giro. Desde terça que não vou espreitar a obra, amanhã dou lá um salto, o chão pelo menos já deve estar colocado.
      Sim, tudo aponta para uma estreia ainda este ano, acho que é possível, com um bocadinho de sorte ainda passava lá os anos, mas tudo depende da cozinha que escolhermos... lol

      Eliminar